PVDF

“Também conhecido como: Fluoreto de Polivinilideno e Kynar.”

Formatos Disponíveis: Chapas, Tarugos, Tubos, Conexões e Válvulas

Principais Características

O PVDF apresenta uma faixa atrativa de características em particular

  • Boas propriedades mecânicas;
  • Boa resistência ao envelhecimento;
  • Boa resistência à temperatura;
  • Excelente estabilidade térmica;
  • Alta resistência química;
  • Estabilidade à radiação U.V.;
  • Excelente resistência à abrasão;
  • Não toxidade;
  • Auto-extinguível;
  • Soldável.
Aplicações

O PVDF pode ser usado em muitas áreas, principalmente naquelas que requeiram alta resistência química, alta resistência a U.V., boas propriedades sob baixas e altas temperaturas e alta resistência à abrasão.
O PVDF tem obtido sucesso quando utilizado em equipamentos diversos para as indústrias química, petroquímica, alimentícia, farmacêutica, elétrica e nuclear.

Propriedades Físicas

O PVDF tem boas propriedades de tração, flexão, torção e compressão.
A resistência à tração é de 575 kg/cm(8400 psi), a mais alta dentre os polímeros fluorados.
A resistência ao desgaste é boa, tratando-se especialmente de um polímero fluorado.
Os produtos acabados têm ótima resistência à tração. Somente produtos poliamídicos podem ser ligeiramente superiores. O PVDF pode ser usado de -60 °C a + 160 °C.

Resistência ao Envelhecimento

Uma das mais importantes características do PVDF é a sua resistência ao envelhecimento. Não apresentou efeitos visíveis após 7.200 horas no teste de envelhecimento.

Propriedades Elétricas

Combinadas às outras características, suas propriedades elétricas abrem novos campos de aplicação para o PVDF na indústria eletro-eletrônica, tais como manufatura de isoladores, partes de motores e chaves elétricas, caixas para equipamentos elétricos utilizados nas indústrias químicas, pólos químicos e quaisquer casos onde tal material seja exposto à intempéries, abrasão, impacto e ambientes corrosivos. O PVDF é auto extinguível.

Estabilidade Térmica

O PVDF tem uma excelente estabilidade térmica. Seu MP é 178°C. Ele pode ser processado sob temperatura entre 185°C e 260°C sem nenhuma alteração de cor. Acima de 260°C o produto apresenta uma coloração amarela e depois marrom. Somente na faixa de 380°C ocorre liberação do fluoreto de hidrogênio por rápida decomposição.

Resistência Química

O PVDF é altamente resistente à maioria dos ácidos e bases inorgânicas, hidrocarbonos alifáticos e aromáticos, ácidos orgânicos, alcóois e solventes halogenados. É também resistente a halógenos.
É atacado pelo ácido sulfúrico fumegante, algumas aminas fortemente básicas, álcalis quentes e concentradas, e metais alcalinos.
Incha-se levemente em contato com fortes solventes, tais como acetona e acetato etil. É solúvel com dificuldade em “solventes polares aprotias”, tais como dimetilformamida, “dimetil sulfoxido”, tetrametiluréia ou hexametil fosfotriamida.

Propriedades Físicas Unidades Normas Valores
Peso específico g/cm3 DIN 53479
ASTM D792
ISO 1183
1,78
Temperatura mínima e máxima em uso contínuo ºC – 50 /
+ 150
Absorção de umidade até o equilíbrio a 23 ºC c/UR 50% % DIN 53715 0
Absorção de água até saturação % DIN 53495
ASTM D570
0
Propriedades Térmicas Unidades Normas Valores
Calor específico a 23 ºC J/ºK.g 1,2
Condutividade térmica a 23 ºC W/ºK.m DIN 52612 0,11
Coeficiente linear de expansão térmica a 23ºC 10-6/ºK 130
Temperatura máxima de uso em curto período ºC 150
Ponto de fusão ºC DIN 53736 178
Temperatura de transição vítrea ºC DIN 53736 – 18
Temp. distorção sob ISO-R75 método A ºC DIN 53461
ASTM D648
ISO R 75
95
Inflamabilidade  — UL94 V0
Propriedades Elétricas Unidades Normas Valores
Constante dielétrica a 1000 Hz DIN 53483
ASTM D150
8
Fator de perda dielétrica a 10 Hz DIN 53483 0,06
Resistividade volumétrica a 23 ºC 50% RH Ω cm DIN 53482
ASTM D257
1014
Rigidez dielétrica KV/mm DIN 53481 120
Resistência superficial Ω DIN 53482 1013
Propriedades Mecânicas Unidades Normas Valores
Tensão de escoamento à tração MPa DIN 53455
ASTM D638
ISO R 527
55
Tensão de ruptura à compressão MPa ASTM D695 46
Tensão de ruptura à flexão MPa ASTM D790 11
Módulo de elasticidade à tração MPa DIN 53457
ASTM D638
ISO R527
2000
Módulo de elasticidade à compressão MPa ASTM D695 1200
Módulo de elasticidade à flexão MPa DIN 53457
ASTM D790
1900
Alongamento até a ruptura  % DIN 53452
ASTM D638
ISO R 527
300
Dureza Rockwell (Shore D)  — ASTM D785
ISO 2039-2
R115
(D77)
Resistência à penetração de esfera MPa DIN 53456
ISO 2039
100
Tensão de fluência c/ 1% defor. em 1000H MPa DIN 53444
ISO R 899
3
Coeficiente de atrito p/ aço refitic. e polid. c/ resina a seco  — 0,30
Propriedades Químicas Unidades Normas Valores
Resistência a ácidos fortes ASTM D543 +
Resistência a ácidos fracos ASTM D543 +
Resistência à bases fortes ASTM D543 +
Resistência à bases fracas ASTM D543 +
Resistência a raios solares ASTM D543 +

+ Resistente    |    (+) Resistência Limitada   |   – Não resiste

Conversão de Unidades
1 MPa = 106 N / m2 1 N / m² = 10-6 MPa ºC / 5 = (ºF – 32) / 9 1 Kg = 2,20462 lb
1 MPa = 1 N / mm2 1 N / mm2 = 1 MPa ºC = ºK – 273 1 J = 0,2389 cal
1 MPa = 10,19 Kg / cm2 1Kg / cm2 = 0,0961 MPa 1 wh = 3600 J
1 MPa = 144,95 PSI 1 PSI = 0,00689 MPa 1 lb = 0,45359 Kg
1 Kg / cm2 = 14,22 PSI 1 PSI = 0,0703 Kg / cm2  —

Os dados acima foram retirados de catálogos de processadores e/ou fabricantes da matéria-prima, representando resultados obtidos em experiências, todavia não assumimos compromissos pelos mesmos.